sexta-feira, 18 de novembro de 2016

Dom Frei Claudio manifesta solidariedade a Mons. Antônio Severo em decorrência do falecimento de sua irmã, Revda. Irmã Rufina Alves

Faleceu na manhã de ontem, aos 74 anos, a Revda. Sra. Irmã Rufina Alves, irmã de Monsenhor Antônio Severo Alves, que era irmã da Congregação Missionária de Jesus Crucificado em Belo Horizonte-MG.

O corpo foi trazido de Belo Horizonte para Presidente Olegário.


Missa de Corpo presente ocorreu hoje, às 9h, foi celebrado por Monsenhor Severo.

Familiares, fiéis e irmãs da Congregação a qual a irmã Rufina fazia parte, acompanharam o velório e o sepultamento.

Dom Frei Claudio está em Belém do Pará e soube do passamento de Irmã Rufina ontem. Ele conversou com Monsenhor Antônio Severo por telefone e pode manifestar assim sua acolhida e solidariedade neste momento de despedida. 

Ao contactar a Assessoria do Bispado, Dom Frei Claudio solicitou que fosse produzido e encaminhado um ofício para esta ocasião, que foi lido na Santa Missa de Corpo presente da irmã Rufina.



Waneska Barcelos - Assessoria de Imprensa Diocesana


quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Dom Frei Claudio viaja e participa do Projeto: Igrejas-Irmãs da Amazônia vão se reunir em Belém

Igrejas-Irmãs em novembro/ REUTERS


Cidade do Vaticano (RV) – De 14 a 16 de novembro próximos, Belém (PA) recebe o II Encontro das Igrejas da Amazônia Legal, uma reunião cuja proposta é discutir a realidade política, social, econômica, cultural e religiosa da região, e a contribuição da Igreja Católica para a promoção e defesa da vida dos seus habitantes e de sua biodiversidade. O primeiro encontro ocorreu em Manaus (AM), em 2013.

O Encontro vai reunir bispos, coordenadores de pastoral, religiosos, religiosas, leigos e leigas dos seis regionais da CNBB que fazem parte da Amazônia Legal: Norte 1 (norte do Amazonas e Roraima), Norte 2 (Amapá e Pará), Norte 3 (Tocantins e norte de Goiás), Nordeste 5 (Maranhão), Noroeste (Acre, sul do Amazonas e Rondônia) e Oeste 2 (Mato Grosso).

Nos dias 17 e 18, o evento prossegue com a participação das Igrejas-irmãs, um projeto impulsionado pelo Arcebispo de Brasília, Dom Sérgio da Rocha, que será feito cardeal no próximo dia 19 de novembro. Em entrevista à RV, ele explica a importância desta parceria, seja para quem envia ajudas, como para quem as recebe:


Amazônia e sua Igreja são de todo o Brasil


“Creio que este encontro que está sendo programado certamente vai animar ainda mais a comunhão e a corresponsabilidade da Igreja no Brasil com a Igreja que está na Amazônia”.

“Eu desejei muito que este momento acontecesse, procurei apoiar e incentivar a realização deste evento e é claro que ele é a expressão de que a Amazônia e a sua evangelização não se restringem aos bispos e às Igrejas que se localizam naquela região, mas diz respeito ao conjunto do Brasil, isto é, a Amazônia interpela o conjunto da Igreja no Brasil e diria também da América Latina”.

Quem sai em missão ganha mais do que quem recebe
“Creio que nós temos aí um momento para reavivar o nosso compromisso missionário. Na nossa Arquidiocese de Brasília, temos a graça de há dez anos desenvolver um projeto missionário em Roraima. Tem sido um momento em que a ajuda maior somos nós que temos recebido; na verdade, quem sai em missão e assume a missão evangelizadora sempre ganha muito mais do que quem recebe. Eu diria que tem sido gratificante, um motivo de crescimento e amadurecimento da Igreja em Brasília o fato de colaborar com a Igreja na Amazônia, e assim, muitas outras dioceses já têm os seus projetos”.

“No entanto, o caminho a seguir é tão grande que os passos que temos dado não têm sido suficientes, isto é, agradecemos a Deus, nos animamos e somos muito gratos aos irmãos da Amazônia que nos acolhem, seja os bispos e Igrejas que vão em direção à Amazônia para que a Igreja no Brasil seja uma ‘Igreja em saída’, mas o caminho a percorrer é longo; os passos a serem dados muito mais. Então, o que nós temos vivido não é motivo para se acomodar, para achar que está bem”.

“Este encontro vai incentivar e animar ainda mais não só os atuais projetos, mas certamente o despertar de outros projetos missionários”. 



A importância da participação dos leigos“Quando se fala de missão, de missionários, geralmente se pensa apenas nos ordenados; padres, religiosos ou religiosas... ministério ordenado ou vida consagrada. Mas tem sido novidade da missão da evangelização da Igreja a presença cada vez maior de leigos e leigas. Neste projeto a que me referi (de Brasília) temos contado sempre com um número significativo de leigos e leigas. Sempre é necessária a presença de um sacerdote, é muito importante, porque há tarefas próprias e é claro que queremos valorizar o ministério sacerdotal ou diaconal, mas é bom quando temos leigos e leigas querendo ser missionários além-fronteiras. Para isso, a Igreja local tem que ser uma Igreja missionária; não há um despertar de vocações missionárias, a não ser que o terreno onde se encontram estas pessoas se torne fecundo, ou seja, tem que haver o espírito missionário na Igreja local para permitir a missão além-fronteiras”.  

(CM)

 

Postado neste blog por: Waneska Barcelos - Assessoria de Imprensa Diocesana de Patos de Minas

sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Crismas marcadas para este feriado de 12 a 15 de novembro na Diocese de Patos de Minas


Dom Frei Claudio celebra Crisma em:


Dia  12 novembro
10h: Crisma na Paróquia São Sebastião em Guimarânia
15h: Crisma na Comunidade São João da Serra Negra
19h30: Crisma na Paróquia Santa Terezinha em Patos de Minas


Dia 13 de novembro
9h30: Crisma na Paróquia N. Sra. do Rosário em Patos de Minas
16h: Crisma na Paróquia São Benedito em Ibiá
19h: Crisma na Paróquia São Pedro de Alcântara em Ibiá


Dia  14 de novembro
19h: Crisma na Paróquia São Vicente de Paulo em Patos de Minas


Dia 15 de novembro

10h: Crisma na Paróquia São Benedito em Patos de Minas


Waneska Barcelos - Assessoria de Imprensa Diocesana

quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Dom Frei Claudio participa da Assembleia dos Bispos do Regional Leste 2 da CNBB




Arcebispos, bispos, coordenadores diocesanos de pastoral, representantes de presbíteros, leigos e leigas de Minas Gerais e do Espírito Santo estão reunidos em Belo Horizonte (MG) para a Assembleia Pastoral do Regional Leste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil, que neste ano tem como tema a Exortação Apostólica Amoris Laetitia – sobre o amor na família,  do Papa Francisco. Durante a Assembleia, os bispos promovem reflexões à luz das orientações do Santo Padre e do Documento 100 da CNBB, de título Comunidade de Comunidades: uma nova paróquia. Conforme explica o presidente do Regional Leste 2 da Conferência Nacional dos Bipos do Brasil, dom Paulo Mendes Peixoto, que é arcebispo de Uberaba (MG), a Igreja busca ser cada vez mais acolhedora, fraterna, superando posturas condenatórias. Dom Paulo lembra também que a Assembleia é oportunidade para fortalecer a unidade entre as dioceses que integram o Regional Leste 2 , o segundo maior do Brasil.

Para o bispo de Divinópolis (MG)e secretário do Regional Leste 2,  dom José Carlos de Souza Campos, a Igreja é permanentemente desafiada a responder as demandas de cada tempo. “Jesus e o Evangelho são os mesmos, devemos anuncia-los às novas realidades”, afirma o bispo, acrescentando que a Assembleia é oportunidade para a reflexão de desafios comuns ás dioceses. “Assim, podemos agir nos mais diversos campos da sociedade”, diz. Dom José Carlos lembra que o encontro também será oportunidade para revisitar questões ecológicas, a exemplo do desastre ambiental ocorrido em Mariana (MG), no distrito de Bento Rodrigues. “A Igreja precisa fazer ecoar o grito que pede socorro e o cuidado com a Casa Comum”, destaca dom José Carlos.

Dom Joaquim Wladmir Lopes Dias, vice-presidente do Regional Leste 2 e bispo de Colatina (ES), uma das cidades mais impactadas com o desastre ambiental, se recorda do sofrimento das pessoas diretamente atingidas, a exemplo dos pescadores e pequenos agricultores, que perderam o meio de subsistência, além das pessoas que ficaram sem suas casas. “Já faz um ano que a barragem se rompeu e ainda não temos um laudo definitivo sobre a qualidade da água que a população consome”, lamenta o Bispo. 

Sobre a ênfase que a Assembleia dos Bispos dará sobre a família no mundo contemporâneo, o bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, dom João Justino de Medeiros Silva, ressalta o que pede o Papa Francisco em sua Exortação Apostólica: o acompanhamento das famílias. “Isso significa criar proximidade, escutar, conhecer realidades, trazer as famílias para as comunidades”. Para isso, dom João observa a importância de se “vencer preconceitos que muitas vezes são base para posturas muito rígidas”. A meta, conforme pontua o Bispo, “é seguir as orientações do Papa Francisco e ir ao encontro do outro.”

A Assembleia Regional de Pastoral do Leste 2 segue até a quinta-feira, 10 de novembro, na Casa de Retiros São José em Belo Horizonte.


Por: Assessoria de Imprensa da Arquidiocese de Belo Horizonte 

terça-feira, 1 de novembro de 2016

Confira as Crismas desta semana de 31/10 A 06 de novembro


Dia  01 de novembro
19h: Crisma na Paróquia Nossa Senhora do Carmo em Carmo do Paranaíba

Dia 03 de novembro
19h: Crisma na Paróquia São Sebastião em Lagoa Grande

Dia 04 de novembro
19h: Crisma na Paróquia São Francisco das Chagas em Rio Paranaíba

Dia 05 de novembro
9h: Crisma na Paróquia São Sebastião em São Gotardo
19: Crisma na Paróquia Nossa Senhora da Abadia em Matutina

Dia 06 de novembro

9h30: Crisma na Paróquia São José em Patrocínio



Waneska Barcelos - Assessoria de Imprensa Diocesana

quarta-feira, 26 de outubro de 2016

CONFIRA AS CRISMAS DESTA SEMANA DE 26 A 30 DE OUTUBRO

Dia  26 de outubro
19h: Crisma na Paróquia Santa Rita de Cássia em Presidente Olegário

Dia 27 de outubro
19h: Crisma na Paróquia São João Batista em Patos de Minas

Dia 28 de outubro
19h: Crisma na Paróquia São Pedro e São Paulo em Patos de Minas

Dia 29 de outubro
18h: Crisma na Paróquia São Pedro e São Paulo em Patos de Minas

Dia 30 de outubro

9h: Crisma na Paróquia N. Senhora da Conceição em Perdizes
19h30: Crisma na Paróquia N. Sra. do Patrocínio em Patrocínio


Waneska Barcelos - Assessoria de Imprensa Diocesana